Rauzi de Carvalho Pereira

Rauzi de Carvalho Pereira

"Lampejos de Inspiração"

Textos





                                            “NÃO ME AMOU?”

Não faça isso! Não repita.
Eu sou quem eu sou, posso ter os meus defeitos,
posso não demonstrar direito,
mas dizer que não me amou?

O que me aborrece muito, 
é com quem me comparou,
eu erro como todo ser humano,
cometo vários enganos,
mas dizer que não me amou?

Isso dói, fundo como uma flechada,
fere um ser no seu sentimento mais profundo,
amarmos sem nos entregarmos,
vivermos juntos sem nos questionarmos,
será o maior erro que cometeremos neste mundo.

Sei, que é assim que você quer,
sinto muito, mas não compactuarei,
preciso saber aonde andas, aonde vais,
com quem andas, com quem sais,
pois só desta forma, meu ciúme acalmarei.

Caso não seja assim, com cumplicidade,
com certeza de você me afastarei,
pode ressaltar tudo de mal que eu sou,
pode até repetir que nunca me amou,
porque assim me convencerá,
que eu também nunca te amei.


Ráuzi de Carvalho Pereira
Enviado por Ráuzi de Carvalho Pereira em 15/11/2011
Alterado em 27/01/2014

Música: Força estranha - Caetano Veloso

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria; RAUZI DE CARVALHO PEREIRA e o site: www.rauzidecarvalho.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras