Rauzi de Carvalho Pereira

Rauzi de Carvalho Pereira

"Lampejos de Inspiração"

Textos





                                                 “ESTRANHO”

Estranho...
Estranho, como caminhos comuns e costumeiros não unem pessoas que se cruzam.
Estranho...
Estranho, como pessoas que se cruzam nestes caminhos comuns e costumeiros não se percebem.
Estranho...
Estranho como pessoas que não se percebem e que se cruzam nestes caminhos, não sentem as energias que seus corpos e espíritos emanam.
Estranho...
Estranho como de repente um simples toque, desperta um interesse nestas pessoas que se cruzam por estes caminhos comuns e costumeiros.
Estranho...
Estranho como ontem, nós éramos apenas estranhos nestes caminhos comuns e costumeiros e hoje somos muito mais que estranhos.


Ráuzi de Carvalho Pereira
Enviado por Ráuzi de Carvalho Pereira em 15/11/2011
Alterado em 27/01/2014


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras